Quarta-feira, 14 de Março de 2007

Desmistificando a Toxoplasmose

...a verdade e os mitos sobre a Toxoplasmose

Desmistificando a Toxoplasmose

 

"Parabéns: você está grávida de 2 meses! Só tem um senão: você não está imune à toxoplasmose e se quiser ter uma gravidez bem sucedida deve desfazer-se do seu cão e do seu gato"
Certamente que estas palavras infelizmente tão repetidas nos consultórios médicos já foram ouvidas por centenas de mulheres cujo coração ficou dividido entre o bem estar do filho tão desejado e o dos seus queridos animais de estimação.

Há motivos para tanta preocupação? Deve a mulher grávida automaticamente dar o seu cão ou gato quando engravida? Devemos acreditar em tudo o que lemos especialmente na imprensa destinada às leitoras do sexo feminino?

É incrível que às portas do 3º milénio tantos médicos e auxiliares de saúde estejam tão mal informados acerca da gravidez e dos gatos. Vamos aqui desmistificar isto de uma vez por todas e verificar que NÃO É NECESSÁRIO LIVRAR-SE DO GATO QUANDO ESTÁ GRÁVIDA, tal como a maioria dos médicos aconselha.

A toxoplasmose pode ocorrer em diversos mamíferos que ingiram carne crua, especialmente através da caça, e que por sua vez ingiram um dos estadios infectantes do protozoário chamado Toxoplasma gondii. Este parasita unicelular tem um ciclo de vida um pouco complicado. Sabe-se que tem de passar por um hospedeiro intermediário e por um definitivo, que é sempre o gato e APENAS O GATO, NÃO O CÃO! O toxoplasma só consegue produzir oocistos infectantes no intestino do gato. O cão não transmite toxoplasmose, coisa nenhuma. Que isto fique bem claro.

O ser humano serve portanto de hospedeiro intermediário. Nele o parasita enquista nos músculos ou outras partes do organismo. Mas esta infecção é geralmente assintomática. Muitas pessoas podem contrair toxoplasmose e não se aperceber disso, mas caso tenham sintomas estes podem ser febre baixa, dores musculares, aumento do volume dos gânglios linfáticos, perda de apetite e dores de garganta.

Uma vez exposto à doença, o ser humano desenvolve imunidade contra o parasita e raramente torna a adoecer com toxoplasmose. Isto é confirmado através de uma análise sanguínea a qual revelará que a pessoa é seropositiva em relação a esta doença. A mulher grávida seropositiva já teve a doença por isso já não há risco para o feto. Apenas grupos de risco tais como as pessoas que padecem de SIDA ou outra situação que deprima o seu sistema imunitário (pessoas que fizeram recentemente algum transplante), estão em risco de adoecer novamente e de maneira grave (pneumonias ou doenças neurológicas).

Mas o caso complica-se se a mulher grávida não é seropositiva quando engravida. Neste caso ela não deve contrair toxoplasmose pela 1ª vez durante os primeiros 3 meses de gravidez (após este período os riscos são significativamente menores). Apanhar toxoplasmose durante o 1º trimestre de gravidez equivale ao risco do bebé nascer com graves deformações neurológicas ou mesmo retardamento mental.

Já estamos a ver porque há tanto pânico... mas de alguma forma exagerado. Vamos ver porquê. Se a leitora possui um gato já há algum tempo que vive exclusivamente em casa, e que jamais come carne crua, você NÃO está em risco. De facto está cientificamente provado que manusear carne crua ou trabalhar em jardinagem sem luvas é mais arriscado do que fazer festas ao seu gato.

Os gatos contraem toxoplasmose por comerem carne crua ou caça (ratos, p ex.) que contenham algum dos 3 estadios infectantes deste parasita. Neste caso os gatos excretarão pelas fezes oocistos infectantes 3 a 10 dias após a ingestão de tecidos infectados. Esta excreção pode durar até 14 dias após a 1ª exposição do gato ao parasita. MAS APÓS ESSE PERÍODO É POUCO PROVÁVEL QUE O GATO EXCRETE DE NOVO, pois tal como os humanos, o gato desenvolve imunidade contra o toxoplasma. Os oocistos excretados nas fezes transformam-se em infectantes apenas1 a 4 dias após a excreção e podem permanecer assim no meio ambiente por vários meses. Se você eliminar as fezes do gato diariamente da caixa de areia, especialmente se usar luvas, bem vê que o risco de contrair toxoplasmose é mínimo!

Normalmente os felinos não exibem sintomas de toxoplasmose. Todavia os gatos infectados e que inadvertidamente contraem alguma doença imunossupressora (FIV ou FELV) podem adoecer gravemente com sintomas variados: letargia, depressão, febre, diarreia, pneumonia, hepatite, uveite (inflamação ocular grave) ou mesmo doenças neurológicas.

Existem muitas maneiras de minimizar o risco de contrair toxoplasmose. Cozinhe muito bem a carne pelo menos 15 a 20 m antes de a consumir. Tanto as carnes de vaca como o porco e o borrego podem transmitir a doença se consumidas cruas ou mal cozinhadas. O leite não pasteurizado de vaca, cabra ou ovelha também pode conter oocistos. Mantenha o seu gato exclusivamente em casa, não permita que ele consuma o que caça nem lhe forneça carne crua. Alimente-o com rações comerciais apropriadas.

Alguns médicos aconselham as grávidas a testar o seu gato para ver se é seropositivo ou não. Acho contraproducente até porque se der positivo, o gato pode já estar imune à doença, e já nem estar na fase de eliminação dos oocistos. Ou seja: pode já ter apanhado a doença há anos e agora já não constituir perigo nenhum. A má interpretação do teste pode condenar um gato que a priori pode não constituir perigo nenhum... Se o teste dá negativo, então melhor ainda! Não dê nada cru ao seu gato e não se preocupe mais com o assunto. O que interessa no fim de tudo é se a mulher grávida é imune ou não. Se não é, deve ser um pouco cuidadosa no primeiro trimestre de gravidez. Aliás, convenhamos: se você possui um gato há anos e ainda não está imune ao toxoplasma, não vai ser agora por azar que vai apanhar a doença só porque está grávida!

O mais provável é que o seu gato não lhe transmita mesmo a doença. E ainda mais: normalmente as mulheres descobrem que estão grávidas no 2º mês de gravidez. Se já passaram 2 meses de risco sem ter cuidados, porque entrar em pânico com o seu bichaninho se já só falta mais um mês de alto risco para o feto? Muitas pessoas não se apercebem deste facto...

A toxoplasmose não é o único perigo que as grávidas têm de enfrentar. Se houver boa higiene, e consumo de carne apenas bem cozinhada, a maioria dos problemas serão evitados. A toxoplasmose não é nenhuma novidade e as mulheres grávidas não devem temer possuir gatos. A companhia e a devoção que os felinos nos dedicam ultrapassa em muito o risco de nos expormos a doenças. Todavia se restam algumas dúvidas não hesite em contactar-nos ou o médico veterinário do seu companheiro felino! Estime-o, não o abandone!

Por: Sofia Marques, médica veterinária (vivapets.com)

tags:

publicado por ne.jr às 09:51
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Março de 2007

“COMPRO o que é nosso” dinamiza o país

 

A Associação Empresarial de Portugal, ciente de que os problemas económicos do país só se resolvem criando riqueza e trabalho, lança uma campanha de sensibilização para o consumo de produtos e marcas que contribuem para criar Valor Acrescentado em Portugal, com a assinatura “COMPRO o que é nosso”. O objectivo deste projecto é criar um novo estado de espírito na sociedade portuguesa, valorizando a produção nacional, a criatividade, o empreendorismo, o trabalho, o esforço e a determinação. O projecto visa também elevar a auto-estima de empresários e trabalhadores mobilizando-os para produzirem melhor e acreditarem que podem vencer o desafio da globalização.

A marca “COMPRO o que é nosso” é um testemunho de convicção, dado na primeira pessoa, inspirado num logótipo que reflecte três mensagens:

  • os valores patrióticos identificados pelas cores da bandeira nacional;

  • a letra P, normalmente presente em todas as aplicações em que é necessário abreviar o nome Portugal;

  • a forma de gota como símbolo de unidade que representa o pequeno esforço “gota a gota” necessário à recuperação plena da economia.

 

A globalização e a subida dramática do custo de alguns dos factores de produção, têm vindo a colocar graves dificuldades ao desenvolvimento industrial de muitos sectores de actividade na Europa. Esta realidade atinge, de forma muito particular.

A quebra de poder de compra das famílias portuguesas, o aumento da taxa de desemprego e as comparações diárias que colocam Portugal na cauda da Europa em quase todos os índices de desenvolvimento económico, têm contribuído para instalar um clima de esmorecimento e desânimo na sociedade portuguesa.

Todos sabemos que o orgulho dos portugueses, quando estimulado, é capaz de responder a grandes desafios. O projecto “COMPRO o que é nosso” apela à consciência cívica de consumidores, empresários e trabalhadores no sentido de comprarem o que os portugueses produzem. Só assim é possível criar mais emprego, mais riqueza, mais desenvolvimento económico.

(AEPortugal)

sinto-me:

publicado por ne.jr às 09:32
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Março de 2007

Regras de ouro de um gato...

 

 Lições dos direitos dos gatos (para humanos)

SIM, levante os pés ao entrar num aposento. Rabo pisado dói "prá caramba".

NÃO tente dormir no meio da cama. Fique com o seu lado.

NÃO se apodere da almofada. Divida-a conosco enquanto não tomamos conta dela de vez.

SIM, avise-nos antes de fazer a cama, para termos tempo de sair debaixo dos cobertores.

NÃO nos enrole nos cobertores e desate a rir ... isso cansa a beleza de qualquer um.

NÃO se levante da mesa e deixe um prato de frango sozinho ... só se for muito tó-tó é que pensa que  vai ficar muito tempo ali.

NÃO corra atrás de nós gritando "SEU SACANA !!!" ... *você* é que pôs a tentação no nosso caminho.

SIM, limpe os lugares ensolarados primeiro. Como é que quer que nós durmamos  lá ?

SIM, ofereça  o seu leite a nós ... ou ele vai acabar no seu colo.

NÃO fique de pé a comer. Muitos de nós não conseguem saltar a  essa altura.

SIM, o gatinho velho tem direito à primeira lambida na tigela de iogurte ... e NÃO o filhotinho bonitinho que chegou ontem.

NÃO brinque mais com um de nós do que com os outros ... as suas pernas iriam acabar cheias de listras vermelhas.

SIM, fale conosco como adultos ... não somos bébés, somos gatos, e pelo amor de Deus, fale naturalmente e não como o Mickey Mouse no cio !

SIM, entenda que nós escolhemo-lo porque sabíamos que nos iria alimentar e amar ... por favor, leia o contrato de novo, especialmente aquela parte a respeito a bife e peixe ... alguns dos donos não estão a cumprir essa parte.

NÃO esvazie o cesto de roupa limpa conosco lá dentro ... sonecas são sagradas ... especialmente na roupa limpa. E depois... pode sempre voltar a lavá-la.

NÃO nos tire de nossos esconderijos para nos apresentar aos seus amigos. Se nós quiséssemos conhecê-los não estaríamos escondidos, certo ?

SIM, tenha a certeza que quando formos convidados a conhecer os seus amigos nós vamos dar nossa opinião *sincera* sobre eles. Não fique vermelho e desculpando-se. Quem começou?

SIM, merecemos uma recompensa por nos comportarmos bem até todos terem ido para casa.

SIM, inclua-nos na pizza com os amigos, ou nós vamos sentarnos na tampa das pizzas e vocês não vao comer nenhuma.

NÃO nos feche num quarto, nós conseguimos arranhar a porta por mais tempo do que vocês nos conseguem ignorar.

NÃO se esqueça de nos carregar para a cama, para quê andar se existe colo ?

NÃO se esqueça que nós gostamos muito de vocês...

(Ainda bem que o Fred nao tem acesso ao blog)

sinto-me:

publicado por ne.jr às 18:41
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Março de 2007

Portugal «sensível às inovações»

 

Maserati quer ser um carro para "todos"

Maserati Gran Turismo 250 1

 

«A Maserati quer ser um carro para todos os dias e concorrer com os modelos de topo de marcas como a Audi, Mercedes e BMW» explicou Enrique del Rio, responsável pela marca nos mercados português e espanhol.

«Para acabarmos com a ideia de sermos um carro impossível de comprar temos que por a marca a circular nas estradas», cita o «Diário Económico».

  Enrique del Rio considera o mercado português bastante positivo para a venda de viaturas de luxo por ser «sensível às inovações».

Em Portugal quem compra um Maserati quer ter sempre o modelo mais actual», afirmou o responsável.

Em 2006, foram vendidas 15 unidades. Este ano este número deverá aumentar para 20 com a introdução de um novo modelo da marca.

Fonte: Agência Financeira

sinto-me:
tags:

publicado por ne.jr às 11:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

O primeiro fenómeno de 2007

Eclipse total da Lua visível a 3 de Março

Eclipse total do sol

Amanhã vai ser possível assistir em Portugal ao primeiro eclipse total da Lua desde 2004, visível em toda a Europa, África e Ásia ocidental.

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), o fenómeno terá início às 21h30 do dia 3, depois de a Lua entrar em penumbra às 20h18, e terminará à 01h20 dessa noite, com o eclipse total a ocorrer entre as 22h44 e as 23h58

Em todo o País serão realizadas sessões públicas de acompanhamento do fenómeno, com explicações detalhadas.

O Observatório Astronómico de Lisboa abre as suas portas ao público na noite do dia 3 e o Núcleo Interactivo de Astronomia (NUCLIO) promove uma sessão idêntica no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, em São Pedro do Estoril. Serão disponibilizados telescópios aos interessados e também a possibilidade de observarem em directo, via Internet, a evolução do fenómeno noutros países, caso a Lua esteja encoberta por nuvens nessa noite.

Este é o primeiro dos dois eclipses totais da Lua de 2007, com o segundo a ocorrer a 28 de Agosto, não visível na Europa.

Fonte:Agencia F.

sinto-me:

publicado por ne.jr às 11:39
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Março de 2007

Proibido fumar em bares, discotecas e restaurantes...

Ministro: Proibido fumar em bares, discotecas e restaurantes

O fumo nos restaurantes, discotecas e bares com menos de 100 metros quadrados vai ser proibido, anunciou hoje o ministro da Saúde.

Em conferência de imprensa, António Correia de Campos revelou que a nova legislação do tabaco - hoje aprovada em Conselho de Ministros - vai permitir uma única excepção nos restaurantes com mais de 100 metros quadrados, que poderão ter uma área de fumadores nunca superior a 30% do seu espaço.

O ministro revelou ainda que os restaurantes, bares e discotecas poderão ter um período de adaptação de um ano, desde a entrada em vigor da lei, que aguarda ainda aprovação pela Assembleia da Republica.

Diário Digital / Lusa

sinto-me:
tags:

publicado por ne.jr às 18:16
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Animal não é um brinquedo...

. Dicas para que os animais...

. Este gato vai dar que fal...

. vejam...

. Como apresentar um cão a ...

. 10 Sinais que os Gatos fa...

. Criancinhas

. Curiosidades sobre gatos

. Factos e mitos acerca dos...

. Agressão felina

.arquivos

. Novembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds