Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

Alergias

O que são alergias?

Uma alergia é uma reacção excessiva do nosso organismo a substâncias que ele considera nocivas, se bem que não o sejam. Ou seja, uma reacção normal seria a reacção imunológica quando na presença de uma substância nociva. Uma alergia é resultado do "excesso de zelo" do nosso sistema imunitário, uma desregulação do sistema, provocando reacções, mesmo que o elemento estranho não tenha um carácter ameaçador ou perigoso.

A estas reacções nocivas chamamos "hipersensibilidade" ou "alergia". Às substâncias supostamente nocivas chamamos "alérgenos".

O nosso sistema imunitário tem uma base de dados das substâncias "estranhas" com as quais já teve contacto, e da resposta a produzir quando a encontrar novamente. Cada vez que o alérgeno atacar, ele responde por anticorpos específicos memorizados.

Sensibilização - Quando um indivíduo memorizou um alérgeno, diz-se estar sensibilizado, ou seja, o seu sistema imunitário memorizou aquela substância.

Atopia - Frequentemente hereditária, a atopia manifesta-se mais frequentemente através de eczemas, febre dos fenos e asma alérgica. As pessoas atópicas têm uma predisposição para fabricar anticorpos que reagem contra os alérgenos presentes no meio ambiente (pólens, bolores, pó doméstico...)

Tratar da Alergia

A alergia não tem um tratamento miraculoso. O princípio básico é afastar da fonte alergizante, o que nem sempre é fácil, os pólens andam por todo o lado...

O tratamento mais eficaz consiste na dessensibilização, ou antes, hiposensibilização, ou seja, reduzir a "base de bados" do nosso sistema imunitário. Se ele "esquecer" aquele alérgeno, não reagirá com a mesma intensidade. Este tratamento requer paciência e acompanhamento médico, já que consiste na injecção regular de pequenas quantidades do alérgeno em doses crescentes, para habituar o organismo à sua presença. Este tipo de tratamento leva, em média, 3 anos.

A forma mais imediata, ou de emergência, é recorrer aos anti-histamínicos. Não convém abusar deste tipo de tratamento porque estes provocam habituação, reduzindo a sua eficácia. Também podem provocar outros efeitos secundários, como a sonolência.

Animais em casa

Ao contrário do que se costuma ouvir, basta mantê-los limpos, como os tapetes. Os médicos desaconselhavam, em geral, ter animais - muitas vezes por motivos de ignorância em relação aos mesmos. Actualmente, porém, alguns já consideram que o efeito benéfico da companhia dos simpáticos "bichinhos" é superior ao potencial efeito alérgico que os mesmos possam ter.
sinto-me:
tags:

publicado por ne.jr às 17:11
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Animal não é um brinquedo...

. Dicas para que os animais...

. Este gato vai dar que fal...

. vejam...

. Como apresentar um cão a ...

. 10 Sinais que os Gatos fa...

. Criancinhas

. Curiosidades sobre gatos

. Factos e mitos acerca dos...

. Agressão felina

.arquivos

. Novembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds