Terça-feira, 20 de Março de 2007

Sentidos felinos

Ao contrário do cão, que só conta com o nariz muito desenvolvido; o gato aplica os seus sentidos todos, porque todos eles são extremamente desenvolvidos.

Olhos - o gato não tem a necessidade de pestanejar, porque possui uma membrana (membrana nictitante), que mantem os olhos húmidos.
Os gatos conseguem ver tudo á frente e ao lado dos olhos, reconhecem o tamanho, a forma e a distância exacta dos objectos. Os gatos conseguem ver um objecto da mesma maneira, quer esteja a 2 ou a 6 metros, devido a uma espécie de "zoom" que conseguem aplicar. No entanto, não tem uma distinção de cores apurada. Só distinguem o preto, o branco, o azul, o verde, e misturam o amarelo com o vermelho.
Mas os gatos tem outra capacidade: a sensibilidade dos olhos permite a um gato ver perfeitamente um objecto a 10 metros na escuridão total, como se fosse de dia. É a dupla reflexão que faz com que os olhos dos gatos brilhem tanto na presença de luz, mesmo que seja pouca.

Cheirar - 200 milhões de células na garganta dos gatos permitem-lhes cheirar tudo. No palato, possuem um orgão especial para cheirar: o orgão de Jacobson.

Paladar - o gato distingue o sabor dos alimentos através de nervos que possuem na lingua. No entanto, só come o que cheira bem, e não o que tem um bom sabor.

Ouvidos - as orelhas são muito sensíveis a vibrações. Entre 20 hertz e 65 quilohertz, nada escapa ao gato! A mobilidade das orelhas permitem-lhes localizar com exactidão a proveniência de determinado som. O gato detecta ratos porque os ratos emitem ultrasons entre si, ultrasons esses que os gatos conseguem captar. Através dos sons, os gatos orientam-se. É graças aos sons familiares ou conhecidos e á sua memória imaginativa que os gatos conseguem re-encontrar os seus lares. Para este facto, utiliza també os cheiros conhecidos e as imagens que grava do que os olhos vêm.

Tacto e o 6º sentido - O gato possui por entre o pêlo os chamados pêlos tacteis, que não se situam só no bigode. E é nestes pêlos tacteis que provavelmente está a explicação para o facto de os gatos pressentirem tremores de terra, explosões vulcãnicas, etc..., porque os pêlos tacteis dos gatos notam a pressão do ambiente e alterações de temperatura. Este é, portanto, o misterioso sexto sentido do gato.
Estes pêlos tacteis situam-se á volta dos lábios e dos olhos.

Bibliografia - Gatos - companheiros de patas de veludo


publicado por ne.jr às 16:46
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Animal não é um brinquedo...

. Dicas para que os animais...

. Este gato vai dar que fal...

. vejam...

. Como apresentar um cão a ...

. 10 Sinais que os Gatos fa...

. Criancinhas

. Curiosidades sobre gatos

. Factos e mitos acerca dos...

. Agressão felina

.arquivos

. Novembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds